quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Um rondó e nosso "rondò"

Bom pessoal, hoje vou fazer algo um pouco diferente do meu estilo de postagem no Blog.

Encontrei no meio de um monte de papéis uma versão da poesia "Rondó dos cavalinhos" que eu, o Caio, a Eunice e a Cinthya fizemos no nosso primeiro ano no curso de tradutores. Deu muita saudade e, claro, como foi o meu primeiro trabalho vertendo uma poesia, acho importante que ele conste aqui, certo?

É do português para o italiano, então postarei as duas.

Espero que gostem! Abraços

Pedro Freire



O Rondó dos cavalinhos

(Manuel Bandeira)

Os cavalinhos correndo,
E nós, cavalões, comendo...
Tua beleza, Esmeralda,
Acabou me enlouquecendo.


Os cavalinhos correndo,
E nós, cavalões, comendo...
O sol tão claro lá fora
E em minhalma — anoitecendo!


Os cavalinhos correndo,
E nós, cavalões, comendo...
Alfonso Reys partindo,
E tanta gente ficando...


Os cavalinhos correndo,
E nós, cavalões, comendo...
A Itália falando grosso,
A Europa se avacalhando...


Os cavalinhos correndo,
E nós, cavalões, comendo...
O Brasil politicando,
Nossa! A poesia morrendo...
O sol tão claro lá fora,
O sol tão claro, Esmeralda,
E em minhalma — anoitecendo!



Il rondò dei cavallini
(Pedro, Caio, Eunice e Cinthya)

I cavallini correndo
E noi, cavalloni, mangiando...
Tua belezza, Smeralda...
E mia sanità mi va lasciando.

I cavallini correndo
E noi, cavalloni, mangiando...
Sole così chiaro lì fuori
E mi'anima - annottando.

I cavallini correndo
E noi, cavalloni, mangiando...
Alfonso Reyes partendo,
E tante persone restando.

I cavallini correndo
E noi, cavalloni, mangiando...
L'Italia parlando molto,
E l'Europa si scoraggiando.

I cavallini correndo
E noi, cavalloni, mangiando...
Il Brasile negoziando...
Va'! La poesia morendo...
Sole così chiaro lì fuori
Sole così chiaro, Smeralda,
E mi'anima - annottando.

3 comentários:

Caio Bonatti disse...

Adorei ter traduzido esse poema ^^
Claro que hoje em dia a gente não faria igual, mas mesmo assim, ele parece perfeito *-*
È orgulho de pai :D

Pedro Freire disse...

Sim! tem alguma coisa que mudaria, mas só detalhes eu acho. Foi um feito e tanto pro nosso primeiro ano de italiano né? *-* *orgulho de pai* [2]

Luly disse...

direto do túnel do tempo!

que saudades!